Comportamentos do Subconsciente que estão te impedindo de viver a vida que você deseja

Artigo publicado em: Nov 24, 2023 Autor do artigo: Equipe Allcatrazes Tag do artigo: Estilo de vida ao ar livre
Comportamentos do Subconsciente que estão te impedindo de viver a vida que você deseja
Voltar para o Blog Contagem de comentários do artigo: 0

 Práticas que podem ajudar você a alcançar a vida dos seus sonhos | Por Gabriela de Almeida Muller  

 

O nosso subconsciente é como uma corrente subterrânea que molda silenciosamente nossas escolhas e ações. Essa força oculta pode ser tanto uma aliada quanto uma adversária na busca pela vida que desejamos.

 
 

Nossos comportamentos subconscientes acabam refletindo a influência profunda da cultura que absorvemos ao longo da vida. A partir dela, criamos padrões de pensamentoque, embora possam parecer inofensivos, moldam nossa compreensão do que é "normal" e "ideal". Consequentemente, aceitamos essas narrativas sem nos questionar, adotando crenças que podem nos impedir de explorar nosso potencial máximo. Para conseguir identificar essas influências, é necessário ter uma objetividade únicae uma habilidade para questionar as verdades que são amplamente aceitas.

 

A insatisfação interior que muitos de nós sentem, pode ser a consequência de vivermos uma narrativa que não é verdadeiramente nossa, mas sim uma imposição da cultura predominante. O subconsciente absorve essas mensagens, guiando nossas escolhas de carreira, relacionamentos e objetivos sem que a gente perceba. É fundamental reconhecer que o subconsciente não é apenas um espectador passivo, mas uma força que molda ativamente nossa realidade.

 
 

Ao compreender os comportamentos subconscientes que nos impedem de viver a vida desejada, ganhamos o poder de desafiar e reformular essas narrativas internalizadas. A mudança começa quando questionamos as suposições e exploramos alternativas que refletem genuinamente nossos desejos mais profundos.

 

Existem certas práticas do subconsciente que temos enraizados em nossas mentes.Aqui estão 5 das mais difundidas:

 
1. Acredita que para criar a melhor vida possível, você precisa decidir o que quer e depois correr atrás disso, quando na realidade você é psicologicamente incapaz de prever o que te fará feliz.

O nosso cérebro só mede o que conhecemos, portanto, quando escolhemos o que queremos para nosso futuro, estamos, na realidade, recriando uma solução ou um idealdo passado. Muitas vezes, buscamos a felicidade em metas e realizações futuras, esquecendo que a vida é aquilo que esta acontecendo, enquanto estamos fazendo planos para depois. Medir o presente pelo seu término é limitante; a verdadeira realização está na constante evolução durante o processo, não em alcançar um destino final. Moral da história: viva o momento!

 
2. Você assume que, quando se trata de seguir seus instintos e tomar decisões, felicidade é “bom” e medo e vulnerabilidade é “ruim”.

O medo é uma oportunidade para se aventurar e se familiarizar com o desconhecido, pois só temos medo do que ainda não fizemos ou ainda não experimentamos. É através dele que enfrentamos nossos desafios, para que aí sim, possamos evoluir e atingir uma nova fase em nossas vidas. Evitar a vulnerabilidade cria crises desnecessárias na busca por uma vida autêntica. Ao enfrentar o medo e a dor somos desafiados a ser vulneráveis, isso faz com que a gente cresça. Moral da história: abrace o medo e a vulnerabilidade, veja como oportunidade para evoluir!

 
 
3. Você pensa que para mudar suas crenças, você precisa adotar uma nova forma de pensamento, em vez de procurar vivências que façam com que este pensamento seja evidenciado na prática.

Mudar crenças vem das experiências, não apenas dos pensamentos. Viva, saia da zona de conforto, e suas crenças se transformarão. Acreditar que mudar elas requer apenas uma mudança de pensamento é um equívoco. A verdadeira transformação ocorre ao buscar e viver situações que desafiem e às redefinam, levandoa uma evolução pessoal genuína.

 
4. Acredita que seus “problemas“ são empecilhos para alcançar o que você quer, quando na realidade eles são o caminho.

Resolver desafios não apenas muda pensamentos, como também transforma a trajetória da vida desejada. Encarar problemas como caminhos para a ação e resoluçãoé fundamental. Esses desafios não são impedimentos, mas catalisadores para mudanças significativas, tirando-nos da comodidade e impulsionando-nos em direção à realização pessoal. Ou seja: o que fica no caminho se torna o caminho!

 
5. Você pensa que o seu passado te define, e pior, pensa que é uma realidade imutável, quando na verdade, a sua percepção dele muda conforme você evolui.

O passado não te define, aceitar e seguir em frente, em vez de ser definido por eventos passados, é essencial para o crescimento pessoal. É crucial evoluir e escolher lembranças que contribuam para a compreensão e aceitação, transformando o passado em parte integrante da jornada evolutiva.

 
 

Entender nossos hábitos automáticos nos ajuda a quebrar as regras invisíveis que a sociedade nos impõe. Ao mudar esses padrões, abrimos caminho para viver uma vida verdadeiramente nossa. A chave está em nos conhecermos melhor e desafiar as ideias que nos limitam.

 

Com isto em mente, podemos afirmar que o poder do subconsciente é uma ferramenta poderosa que podemos utilizar para alcançar uma vida mais plena e alegre. Ao reconhecer e questionar os padrões automáticos de pensamento, abrimos espaço para a autenticidade e a realização pessoal. É um processo contínuo de autoconsciência e autotransformação, onde cada escolha consciente é um passo em direção à vida que verdadeiramente desejamos viver.

Compartilhe:

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados